Apps

Black Friday: Como saber se a é loja confiável


Embora seja uma tradição antiga nos Estados Unidos, a Black Friday ainda é uma promoção nova no Brasil. Pouco a pouco, vários sites e lojas estão aderindo. Para evitar abusos, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (câmara-e.net) criou o programa Black Friday Legal para aumentar a credibilidade do evento e garantir a segurança do consumidor, fazendo com que ele possa fazer compras mais informado e diminuindo sua chance de ser enganado no varejo.

A dica principal para quem está interessado em participar da promoção é conferir os preços dos produtos antes, para checar e avaliar se todos os descontos são verdadeiros. Além disso, a Câmara criou uma cartilha com vários cuidados que o consumidor pode adotar para diminuir as chances de ser enganado por uma loja online mentirosa.

1) A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou um selo oficial para o evento (foto acima) que será exibido em todas as páginas participantes da promoção como garantia de que elas se comprometeram com suas regras. Uma lista completa de lojas pode ser conferida no site camara-e.net/blackfriday.

2) Confira se a loja informa todos os seus dados no site. Por lei, elas são obrigadas a mostrar endereço, número de telefone ou uma filial física, razão social e CNPJ. Antes de comprar, verifique também estes dados no site da Receita Federal (idg.receita.fazenda.gov.br) e evite o e-commerce cuja situação seja “baixada”, “cancelada” ou “inativa”. Para sua tranquilidade, segundo o órgão regulador do varejo online, todos os sites que possuem o selo da promoção válida para 2015 já passaram por esta checagem.

3) Antes de comprar, faça uma pesquisa sobre a loja ou site para descobrir se sua reputação é positiva. Uma busca completa pode ser a diferença entre uma compra satisfatória ou dor de cabeça futura. O Procon (sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites) possui uma lista de sites que devem ser evitados.

4) Confira se o produto faz parte da promoção, uma vez que as lojas participantes não são obrigadas a dar descontos para todo o seu estoque. Se ficar em dúvida, entre em contato com a loja antes de comprar.

5) Use sites de comparação para conseguir mais informações sobre os preços, produtos e serviços que procura. Estas plataformas são atualizadas com frequência e podem conter detalhes importantes sobre sua compra.

6) Navegue seguro. Antes de fazer uma compra, garanta que seus softwares de proteção, como antivírus, antispyware e firewalls estejam atualizados para evitar que seus dados sejas usados de forma indevida caso algum site esteja comprometido.

7) Procure usar seus próprios dispositivos, evitando computadores públicos. Isto garante que seus dados não possam ser roubados por equipamentos comprometidos, aumentando a segurança.

8) As formas de pagamento aceitas por um site ajudam a indicar o quão confiável ele é. Procure sites que aceitam os serviços de maior renome, que oferecem mais proteção para o comprador.

9) Verifique se o site da loja possui conexão criptografada para garantir que seus dados não sejam interceptados. Isto pode ser conferido apenas olhando no URL da página, que deve começar com o protocolo https://, acompanhado pelo símbolo de um cadeado fechado. Clique nele e confirme se o certificado está no nome do site que está visitando.

10) Antes de confirmar uma compra, procure ler todos os prazos de entrega e também as políticas de trocas e devoluções para evitar problemas futuros. Se tiver uma dúvida, entre em contato com a loja.

11) Depois que fizer a compra, imprima ou salve no computador uma cópia de todos os passos, incluindo o e-mail de confirmação e de autorização de pagamento. Eles servirão de provas em caso de problemas com a loja.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.